Dezembro 12, 2017
Slider

Hoje tem negociação da mesa de Segurança Bancária

Abrangência das alterações na CCT estarão em pauta; vítimas de extorsão também terão a possibilidade de realocação

A Comissão Bipartite de Segurança Bancária, composta por representantes dos bancários e dos bancos, se reúne nesta quinta-feira (30), a partir das 15h, em São Paulo, para dar continuidade às negociações sobre possíveis alterações na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria para ampliar direitos dos bancários vítimas de sequestro também para aqueles que forem vítimas de extorsão mediante sequestro.

Na reunião anterior, os bancos aceitaram promover alterações na cláusula 33-C e encaminhariam à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) uma recomendação para alterar a redação do item C da cláusula 33 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Com isso, as vítimas de extorsão também terão a possibilidade de realocação para outra agência ou posto de atendimento bancário.

“Vamos conversar sobre os detalhes da abrangência desta conquista”, adiantou Gustavo Tabatinga, secretário de Políticas Sindicais da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e coordenador da mesa de negociações.

Fonte: Contraf-CUT